Link Building SEO: O Verdadeiro Manual do {eterno} iniciante

 

De 2009 até os dias de hoje, as características do link building mudaram drasticamente. E com as frequentes atualizações dos algoritmos dos buscadores, fazer link building já não é mais tão fácil.

Portanto, se você saca de SEO e está começado agora a fazer link building, esse manual é para você!

Você aprenderá quase tudo sobre as premissas do link building e ainda receberá algumas dicas grátis de como fazer e o que não fazer para evitar uma punição do Google e dos demais motores de buscas.

 

Link building: Entenda o que é

Entenda de uma vez por todas o que é…

O que é link building?

Link building é um dos trabalhos mais desafiadores do marketing digital. Consiste em conseguir links de outros sites relevantes que apontem para o seu.

Quanto mais relevante e original for o link, melhor! Isto é, se o site de origem tiver conteúdo semelhante ao seu e o link for contextual, mais “pontos” seu blog recebe.

Por outro lado, se o seu blog tratar de Marketing Digital e receber links de sites que tratem de culinária, o link terá menor relevância e importância para sua página. Em alguns casos, o Google até desconsidera esse tipo de link.

E por falar em Google, muitos usuários discutem que o link building não é mais um fator relevante para ranquear uma página na busca orgânica. No entanto, dezenas de agências de SEO executaram testes que comprovam a grande importância do link building nas estratégias de SEO.

 

Link Building Internet e Externo

Entenda a diferença entre Link Building Internet e Externo

Link building Interno vs Externo: A diferença!

Existem duas maneiras de fazer link building:

  • O link building interno consiste em um link do seu blog que aponta para outro  post ou outra página do próprio blog.

É muito importante para manter o usuário engajado, fazendo com que leia mais de um artigo, além de contribuir com a diminuição da taxa de rejeição.

 

  • O link building externo, que é o mais vantajoso para o ranqueamento na busca orgânica, acontece quando outros sites apontam um link para o seu.

A diferença é que o “interno” só serve como uma “ponte” entre duas páginas, já o “externo” ajuda no posicionamento de seu blog, nos sites de buscas e melhora o Page Rank da página.

 

Conteúdo complementar: 20 dicas de SEO para WordPress para você aplicar ainda hoje!

 

Entenda link building

Entenda antes de fazer Link Building SEO

 

>> O que é Link Juice

Quando um site aponta um link “DoFollow” para umas páginas de seu blog, automaticamente um pouco da autoridade (ou importância) daquela página é transmitida para o seu blog. Isso se chama Link Juice!

Em sua essência, Link Juice é a autoridade que um site passa para o outro quando o link building é feito.

Muitos não sabem que o Link Juice acontece tanto quando outro site aponta links “DoFollow” para o seu quanto quando uma página de seu blog aponta para outra página do próprio blog – um pouco da autoridade de uma página é passada para a que recebe o link.

 

>> Domain Authority

Poucos sabem, mais a Domain Authority não é um fator de indexação criado pelo Google. Na verdade, é uma pontuação – em escala de 0 a 100 – desenvolvida pela MOZ, que prevê a “força” de uma site para se classificar bem nos mecanismos de busca.

Para calcular a autoridade do domínio, a “MOZ“ usa mais de 40 métricas próprias usadas para classificar um domínio, inclusive os links totais que o site recebe, o “Moz Rank”, “Moz Trust” e etc.

 

>> Page Authority

O conceito de Page Authotity é bastante semelhante ao de Domain Authority. Como o próprio nome diz, Page Authotity é o nível de autoridade que uma página possui.

 

A Autoridade da página é calculada por meio das mesmas métricas utilizadas para definir a autoridade do domínio. Dependendo de sua estratégia de SEO, essa métrica pode ser muito mais importante que a autoridade do domínio.

 

>> Trust Rank

O Google presa muito pela boa experiência do usuário, tanto nos resultados da busca, quanto no conteúdo dos sites.

Portanto, o Trust Rank é o nível de confiança que o Google atribui ao seu site, com base nos links que ele recebe.

 

Por exemplo:

Se o seu site recebe links de sites como “Olhar Digital”, que tem um bom índice de Page e Domain authority, o Google atribuirá um nível alto de confiança ao conteúdo de seu site.

Por outro lado, se o seu site recebe links de sites considerados spam, o nível de confiança de seu site poderá chegar a zero facilmente.

 

>> Trust Flow e Citation Flow

Citation Flow é a métrica mais importante para mensurar campanhas de seo baseadas em Link Building. Ela mensura o quão influente um site poder ser baseando-se nos links que ele recebe de outros sites.

Trust Flow é a segunda métrica mais importante para campanhas de Link Building. Na verdade, os resultados de ambas as métricas devem ser combinados.

 

Trust Flow avalia o quão importante uma página é, levando em conta como os sites com bom nível de Trust Flow relacionam-se com ele.

Citatio Flow tem a ver com quantidade, já o Trust Flow tem a ver com qualidade!

 

>> Domínios Únicos

Domínio único é bem simples.

É uma métrica que conta quantos domínios únicos fazem link building para seu site, ao invés de contar quantos links apontam para o site.

 

Exemplo:

Se você recebe 10 links do “Globo.com” e 20 do “Olhar digital”.

O Google contabilizará 30 links de 2 domínios únicos.

 

>> Anchor Text

Anchor text era muito usado antigamente para ranquear sites na busca para palavras-chave competitivas.

Após algumas atualizações do algoritmo, o Google penalizou milhares de sites que usavam esta técnicas abusivamente para se beneficiar de uma falha no algoritmo.

Hoje em dia esta técnica ainda deve ser utilizada, mas com muita cautela.

Fazer links com âncoras textuais em excesso pode ser visto como spam, principalmente quando linkan para sites externos (link building).

 

>> Links “Nofollow”

Links NoFollow são irrelevantes para a estratégia de SEO com link building de seu site.

Esse tipo de link não transfere nenhuma autoridade a página de seu site.

A tradução literal de NoFollow que dizer de “Não Siga”, ou seja, o autor linka para seu site, mas “diz“ ao Google que não quer passar nenhuma autoridade para você.

 

>> Links “DoFollow”

Diferentemente do NoFollow, os links DoFollow são essenciais na estratégia de SEO com link building.

Se NoFollow significa “Não Seguir”, DoFollow significa exatamente o contrário “Seguir”.

Para o Google, isso significa exatamente que você confia no site que está linkando e quer passar o um pouco de sua autoridade para aquele site.

 

>> Links “Outbound”

O conjunto de todos os links de seu site que apontam para outros sites são chamados de Links Outbound.

Por exemplo, aqui neste artigo eu fiz uma lista dos principais profissionais de marketing digital que todos os afiliados devem conhecer.

Na lista, eu inseri um link para todos os sites dos profissionais listados.Portanto, neste artigo existem vários outbound links para o site dos profissionais listados.

 

>> Backlinks ou Inbound links

Geralmente as estratégias de link building comportam tanto por inbound links – backlinks – e outbound links.

Se por um lado os “Outbound links” são links de seu site que apontam para sites externos, então, você já deve ter percebido que os Inbound links são links de outros sites que apontam para o seu.

 

>> Referring Domains (Domínios de referência)

No Google analytics é possível saber quais os sites que mais geram backslinks para o seu. Este são os chamados “Domínios de Referência”.

 

Para saber quais os domínios de referência por meio do Google analytics, siga esse passo a passo:

  • Acesse a conta
  • Na lateral direita, clique em: “Aquisição” > “Todo o tráfego” > “Referências”.

 

>>  Social Signals  (Sinais Sociais)

Um dos últimos fatores que o Google adicionou as suas métricas para ranqueamento de sites são os Social Signals.

Os “Sinais Sociais” são constituídos basicamente pela quantidade de vezes que seu site é citado em redes sociais. Isso pode acontecer de diferentes formas:

  • Por meio de compartilhamento de postagens
  • Curtidas em postagens no G+
  • Menções no Twitter

 

Enfim, o Google já é capaz de ler e interpretar todo o conteúdo de todas as mídias sociais.

 

Bom… agora você já sabe o significado dos principais termos usados por ferramentas de análise de SEO. Agora vamos seguir em frente com para descobrir a real importância do link building nas estratégias de SEO. Colocar este texto como imagem!

 

link building em estratégias de SEO

A importância do link building na estratégia de SEO

Em todo o mundo, há uma grande discussão entre profissionais de SEO sobre a importância do Link building e se vale a pena concentrar-se em estratégias para angariação de links, ao passo de que o risco pode ser maior que o benefício.

Em fevereiro, John Mueller, em um hangout do Canal Google Webmaster, aconselhou profissionais a não focarem em Link building, pois isso pode ser mais “maléfico” do que benéfico. Veja no vídeo abaixo (Inglês):

 

 

 

Mesmo com essa notícia do John, eu ainda confio muito no link building.

Pois além ajudar no ranqueamento em sites de buscas, geram centenas de novas visitas para os site, que podem transformar-se em vendas.

Mas do ponto de vista técnico, é preciso ser muito consciente e jogar dentro das regras propostas não somente pelo Google, mas também pelo Bing.

Essa diminuição da importância do link building já era esperada desde 2007, quando o Google começou a planejar e mudar seus algoritmos de ranqueamento e adicionou novos fatores, como:

 

>> Social Signals;

>> UX (Experiência do Usuário);

>> Conteúdo relevante;

>> Conteúdo informativo;

>> Mobile.

 

Em suma, sugiro que você busque links naturais de outros sites e evite comprar ou vender links. Pois como disse Jonh Mueller: “Pode ser mais maléfico, do que benéfico”.

 

Link Building para Blogueiros

Dicas avançadas de Link Building SEO

Dica de Link Building para blogs

Blogs são considerados ferramentas ótimas para estratégias de link building.

Existem dois passos para um estratégia perfeita de links building para blogs:

 

: O primeiro passo é o que eu chamo de “fazer o dever de casa”.

Crie conteúdo relevante e crie links que façam a ligação entre dois ou mais artigos – de preferência links contextuais.

 

: Depois de fazer o dever de casa, que será uma tarefa constante sempre que você escrever um novo artigo, você deve partir para o “passo 2”, com o objetivo de conseguir links naturais de outros blogs que apontem para o seu.

 

Vou citar duas:

  • Cria artigos com listas de blogs, profissionais e infoprodutores do seu nicho de mercado ou semelhantes e coloque um link “DoFollow” para o site deles.

Com isso, você deve conseguir duas coisas:

 

>>> Um backlink para o seu site

O objetivo principal é que estes profissionais linken de volta para o seu site, mas esta é uma tarefa difícil de acontecer (Mas não desanime!).

 

>>> Construção de autoridade

Esse tipo de lista, que indica sites e bons profissionais, ativa muito fortemente o gatilho mental da “Aceitação Social”.

 

As pessoas – todas as pessoas – importam-se muito com o que a sociedade pensa.

 

Quando você, que representa um pequeno grupo de leitores – sua audiência – diz que confia naquele profissional, uma dose de dopamina é injetada no cérebro e o sentimento de reciprocidade é ativado.

 

Normalmente, esses profissionais acessam seu blog e comentam, complementando o artigo ou agradecendo.

 

Isso é muito importante, pois pode ser usado como prova social em estratégias de e-mail marketing e marketing digital em geral.

 

Eu usei esta estratégia e obtive ótimos resultados.

Veja aqui neste post quantos comentários, de profissionais renomados no mercado, eu obtive.

 

>>> Geração de tráfego super qualificado

Sabemos que estes profissionais possuem uma audiência, geralmente, muito grande.

Um dos maiores benefícios que você pode conseguir com esta estratégia de criação de posts-lista é conseguir que alguns deles compartilhem seu artigos nas redes sociais.

Com a quantidade de seguidores que a maioria deles possui, com um ou dois compartilhamentos você receberá toneladas de novos leitores e seguidores e seu blog.

 

Mas não esqueça!

Esse tipo de artigo deve ser muito bem elaborado.

Utilizando técnicas de copywriting, com gatilhos mentais bem empregados e sem erros gramaticais. Isso é muito importante!

 

Artigo complementar: 53 Fontes de Tráfego para seu Blog Gerar Leads todos os dias

 

 

Vale a pena comprar links?

Vale a pena ou não?

Vale a pena comprar links de outros sites?

Comprar links de outros sites é uma estratégia utilizada por muitas agências de SEO.

 

Mas você lembra da dica que eu passei várias vezes aqui?

“Links naturais são mais bem vistos pelos motores de buscas e o crescimento abrupto de backlinks para seu site pode causar uma punição muito severa.“

Esta é uma recomendação do próprio Google.

O link building, quanto mais contextual e natural, mais relevante será. E maior será o seu Page Rank.

Respondendo a pergunta: Eu diria que depende.

Se você comprar posts patrocinados, com conteúdo interessante e que tenha a ver com o seu site, na minha opinião, é válido.

 

Por outro lado, comprar links só para beneficiar seu site na busca orgânica, sem se preocupar com o usuário, não vale a pena. Além disto, esta é considerada uma estratégia de “black hat” e seu blog poderá ser banido dos mecanismos de buscas – como nós vamos ver no último tópico deste artigo.

 

 

Você faz isso??

Você faz isso??

O que NÃO é link building

 

>> Links “NoFollow”

Já vimos neste artigo que links “NoFollow” não passam autoridade a página de destino, portanto, este tipo de link é inútil.

 

>> Comentários em blog

Há mais de 5 anos o Google já não considera os links provenientes de comentários em blogs como link building.

Na verdade, na maioria das vezes esses links são “NoFollow”, portanto, são desnecessários.

Em alguns casos, o Google já puniu sites com centenas de backlinks de comentários em blogs, por ver isso como “black hat”.

 

>> Diretórios de artigos

Outra fonte de link building que deixou de ser relevante ao longo dos últimos anos foram os diretórios de artigos.

Alguns profissionais cadastravam dezenas de artigos em diretórios com o intuito somente de gerar link para seus sites. Com isso, o Google passou a desconsiderar estes links.

 

>> Links patrocinados em buscadores

Muitos usuários me perguntam se links patrocinados são vistos como link building.

Bom… a pergunta é válida.

Mas sabemos que o Google não permite a compra de links como estratégias de SEO. Portanto, os links vindos de plataformas de anúncios também são inúteis.

 

>> Troca de links

Assim como os comentários em blogs, a troca de links é uma estratégia considerada “black hat” pelo Google.

Isso porque os links são vistos como comprados e involuntários.

A diferença é o pagamento que é feito com um backlink e não com dinheiro.

 

>> Perfis de usuário

Nesse caso, depende!

Algumas plataformas apontam links “DoFollow” para seu site, como acontece com algumas redes sociais.

Neste caso, os links são muito válidos.

Mas algumas vezes, dependendo da fonte, o Google passa a desconsiderar. Portanto, depende muito, mas é uma boa estratégia e não é black hat.

 

Desconsidere links que apontem para o seu site

Desconsidere links de spam que apontem para o seu site!

Disavow links

Muitas vezes, os usuários me perguntam como fazer para desconsiderar alguns links que apontam para seus blogs, visto que são links de spam.

A primeira resposta é: Fique calmo!

O Google já mapeou quase todos os sites do mundo que usam desta tática de criar links fantasmas para alguns sites, com o intuito de fazer com que o Google os puna por black hat.

Mas novos “sites spam“ são criados todos os dias, e caso você encontre algum site suspeito em seus relatórios, não os acesse NUNCA.

Quando você os acessa, um vírus pode ser baixado em seu navegador e seu PC será usado para táticas black hats de spam.

A solução é fazer o “Disavow links”.

Disavow links consiste em negar os links que são apontados para seu site.

O Google possui uma ferramenta que você pode pedir a rejeição de alguns links dos sites que estão cadastrados na sua conta de “Webmaster”.

https://www.google.com/webmasters/tools/disavow-links-main

Mas esse bloqueio pode ser feito via “HTACCESS” ou plugins para wordpress.

Eu sugiro usar a ferramenta do Google e criar filtros de bloqueios via Google Analytics (Se não souber, deixa um comentário que eu te ajudo. Ok?).

Para mais informações: https://support.google.com/webmasters/answer/2648487?hl=pt-BR

 

 

Cuidado para não ser punido

Se você for punido…

Cuidado para não ser penalizado!

Deve ser muito frustrante receber uma punição do Google. Porém, não é raro de acontecer!

 

Muitas das vezes, vejo pessoas sendo punidas sem saber ao menos o porquê. Por isso, eu sempre alerto sobre o mal uso das estratégias de SEO, que podem tornar-se black hat num piscar de olhos se você não souber o que está fazendo.

Por este motivo, eu sempre indico aos usuários a fazerem um curso sobre SEO e depois testarem suas habilidades.

Um dos melhores que eu fiz foi o “SEO na Prática”.

O curso é bem prático e aborda quase todas as técnicas para otimizar uma site afim de ranqueá-lo na primeira página do Google. Para mais informações, acesse aqui o site deles.

Mas caso você não tenha seguido o meu conselho e tenha se limitado a ver tutoriais em vídeo e artigos em blogs e tenha sido penalizado, fique calmo!

Ainda existe um pouquinho de esperança, não muito, mas…

O primeiro passo é parar tudo e analisar o SEO de seu site, a fim de entender e encontrar o motivo pelo qual você foi penalizado. O segundo passo é realizar as alterações necessárias e fazer o pedido de reconsideração perante ao Google.

 

Você pode ver mais informações sobre como fazer o pedido aqui nesse link.

Seu pedido será analisado – vai demorar bastante – e talvez o Google volte a considerar seu site novamente e ranqueá-lo na busca.

Para avaliar se vale a pena esperar a decisão do Google, o que muitas das vezes é negativa, eu sempre sugiro fazer uma pergunta a si mesmo:

>> Posso criar um site igual a este, que gere os mesmos resultados?

Se a resposta for sim, eu sugiro criar um novo projeto.

 

Link building é apenas uma das vertentes nas estratégias de SEO, mas está muito enganado quem pensa  que Link building não é mais relevante para o Google.

 

O que ocorreu foi que o Google melhorou seu algoritmo a ponto de descobrir links não naturais que caracterizam black hat. Mas os links de outros sites que apontam para o seu ainda são extremamente importantes tanto para o ranqueamento na busca, quanto para geração de tráfego qualificado.

 

Portanto: Não deixe o link building de lado!

 

 

Ainda tem dúvidas? Comente aqui abaixo que eu terei prazer em te ajudar!

 

 

Comentários

Comentários

Rafael Torres

>> Além de Empreendedor e Profissional de SEO, Rafael Torres é formado em Web Design pela UCB/RJ e possui mais de 6 anos de experiência em Mkt Digital e Offline. Whatsapp: (21) 99279-2423

Related Posts